Afro.TV inicia produção de conteúdo voltada para a população preta no Brasil 0

Com conteúdos 100% digitais, a Afro.TV é produzida para atender também moradores das periferias e grupos historicamente minorizados

Lançada em novembro de 2020 no Instagram, a Afro.TV é uma plataforma de conteúdo que tem objetivo de ser um espaço audiovisual voltado para a população preta, representante de 55% da população, segundo dados do último trimestre de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Porém, essa maioria não é representada na televisão, aparelho presente em cerca de 96,4% dos domicílios brasileiros, pois de acordo com a pesquisa realizada pelo coletivo de mídia Vaidapé em 2017, apenas 3,7% dos apresentadores no Brasil são negros. Paulo Rogério, sócio e investidor da Afro.TV, conta que a plataforma nasceu para mudar esta realidade. 

“A ideia surgiu a partir de uma pesquisa da empresa AFAR Ventures LLC, empresa da qual eu também faço parte, sobre o mercado de conteúdo focado no público afro no Brasil. Ali vimos que tem uma demanda muito grande e uma falta de produtos que atendesse e entendesse esse público. A Afro.TV é para comunidade negra, moradores das periferias e grupos historicamente minorizados que agora podem se enxergar também no audiovisual”, disse Paulo. 

Paulo conta que a Afro.TV não é uma TV tradicional, pois o seu formato é 100% digital e pensado para as mídias sociais como o Instagram, Youtube e, em breve, a sua própria plataforma de streaming. Com uma programação que inclui entrevistas, talk shows e documentários sobre sexualidade, música, história e cultura, a plataforma conta com 12 pessoas em sua equipe, entre elas roteiristas, produtores de conteúdo para internet e de gravação e edição de vídeo. 

Maria Gal, atriz e uma das apresentadoras da Afro.TV, fala sobre o seu programa “Gal Show”: “Eu apresento o ‘Gal Show’, onde eu entrevisto diferentes pessoas que realizam ações e trabalham com temáticas raciais. Tem entrevista com o Pai de Santo Rodney sobre as religiões de matriz africana, tem vídeo sobre o Papai Noel negro aqui da Bahia e muitas outras! São entrevistas diversas e que possuem uma sinergia com o povo negro do Brasil”, disse ela. 

Sobre os impactos da da Afro.TV no mercado de comunicação e audiovisual, a apresentadora complementa: “Temos vários entrevistadores negros super talentosos! Imagina quantos outros nós temos aqui no Brasil que a gente sequer conhece? Essa é uma oportunidade para também revelar mais talentos, histórias e temas que precisam ser debatidos pela sociedade”.


Acompanhe a programação da Afro.TV em seu perfil no Instagram e no canal do YouTube.

Imagem em destaque: Divulgação

Assine a nossa newsletter