Siga o FP nas redes sociais

Sociedade

#MarçoPorMarielle começa com inauguração da Casa Marielle

Renato Silva

Publicado há

no dia

Inauguração Casa Marielle

Há poucos dias do Dia Internacional da Mulher (8/3), o Instituto Marielle Franco inaugurou no dia 1/3, a Casa Marielle, no Largo de São Francisco da Prainha, na Saúde, região central do Rio. O espaço é uma iniciativa da família de Marielle Franco através de uma campanha de financiamento coletivo lançada pelo instituto. Mais de 5 mil pessoas apreciaram a abertura da casa sendo recepcionadas por um cortejo carnavalesco.

A tag #MarçoPorMarielle representa um mês de luta para cobrar por quase 2 anos sem respostas sobre porquê e quem mandou matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes. O instituto está mapeando indivíduos e coletivos interessados em realizar ações por um país mais justo e um futuro diferente para as próximas gerações. É possível cadastrar seu coletivo clicando aqui. Em breve será lançado um mapa com todas as ações que ocorrerão em março pelo mundo inteiro.

O mês de março é de luta das mulheres e da família de Marielle, mas quem esteve presente no evento de domingo ou pôde acompanhar pela internet, viu que foi um primeiro de março recheado de amor para celebrar a memória e o legado da vereadora. A celebração recebeu diversos artistas e teve início às 15h30 e ocorreu até o fim da noite de domingo. Mesmo horário da exposição permanente do acervo pessoal e político da vereadora que está aberta à visitação.

Muitas pessoas registraram nas redes sociais momentos que transmitem a emoção e a grandeza que a Casa e o legado de Marielle representam. A exemplo disso, no tuíte abaixo dá pra sentir o momento que o cortejo chega ao Largo São Francisco da Prainha, 58, endereço da Casa Marielle na Saúde, Centro do Rio. O instituto aproveitou o momento para arrecadar alimentos para famílias atingidas pelas fortes chuvas e falta de investimento público na prevenção de enchentes na cidade.

A abertura da Casa Marielle é a primeira etapa de cinco, todas detalhadas na campanha de financiamento coletivo do Instituto Marielle Franco. A campanha ainda corre e precisa de apoio para possibilitar realizações ainda maiores, como fortalecer jovens negras, LGBTs e periféricas de todo o Brasil, através da Escola Marielles, orientando essas mulheres para lidarem com os desafios da luta por uma sociedade mais justa e menos desigual. Para doar basta acessar o site https://www.apoie.institutomariellefranco.org/.

Abraça o papo: apoie o Favela em Pauta



Texto: Renato Silva / Edição: Michel Silva / Foto: Mayara Donaria

Assine nossa newsletter

LEIA TAMBÉM